Minha foto
arine-chan é uma arquiteta que curte comer bem, dormir bem e ama seus amigos e sua família. gosta de um seriado na tv, fazer compras, cozinhar e tem uma preguiça maior que o mundo de fazer faxina. seu lema é: pra que arrumar a cama de manhã se você vai desarrumá-la a noite?

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Coisinhas aleatórias

Ando totalmente sem assunto. Mesmo assim resolvi escrever um pouquinho.
Outro dia no facebook, tinha um link da minha amiga pra acessar um vídeo de um garotinho chorando por conta da formiguinha morta pelo irmão gêmeo dele. Sei lá quantos anos o guri tinha, imagino que uns 3, mas é um menino com sérias tendências a ingressar no curso de Ciências Biológicas como uma certa amiga minha. O mais engraçado é a resposta do irmão gêmeo quando perguntado o que ele tinha feito com a formiguinha do irmão: 'Mati'...
Ora, pra criança faz todo o sentido do mundo conjugar o verbo dessa forma. Afinal, eu coMI, eu beBI, então eu maTI...

O que não faz sentido, na minha cabeça, é o circo que a imprensa faz quando:
- um terremoto e um tsunami arrasa um país e a usina nuclear vaza
- um príncipe se casa com uma 'plebéia'
- Osama Bin Laden morre
- entre outras coisas.

Ok, eu entendo que as notícias tem que ser divulgadas, mas o exagero não se explica em nenhum desses casos.

Quando aconteceu o terremoto no Japão e a usina de Fukushima teve vazamentos, o alarde da imprensa foi tão grande que tinha gente pensando que se você pisasse no chão daquele país, nasceriam 3 braços na sua testa. Pessoas deixaram de viajar inclusive para áreas distantes da usina por medo da radiação. Mas se houvesse um vazamento na usina de Angra dos Reis no RJ, você que mora no Paraná, acha que sua vida seria afetada?

Outra: vê se eu preciso, às 7 da manhã, assistir ao vivo o príncipe William se casando com a tal da Kate, e com tradutor e tudo, como se fosse transmissão do Oscar. E o sono que aquilo dava? Até os noivos tavam com sono, de tão chata que era a cerimônia! Desacreditei.

Mas o pior mesmo foi a morte do Bin Laden. Não a morte dele em si (nem vou discutir isso aqui), mas a repercussão que isso está tendo na imprensa. Eu meço o exagero que eles fazem pela quantidade de tempo que se perde falando nisso no Bom dia Brasil (que é o único noticiário que eu assisto), e na manhã seguinte à suposta morte dele (porque eu sou que nem São Tomé, só acredito vendo) ficaram 90% do tempo falando sobre isso. As outras 2 notícias (sério) foram futebol e a previsão do tempo.

Pra finalizar, como diz o William Bonner, 'boa noite'.

Um comentário:

  1. Oi Aline, vc clica em cima a palavra formulario, se não aparecer, tente outra vez. Acho q está dand algum problema, pq já me falaram que não tinham conseguido abrir o formulario, mas que tentaram de novo e conseguira. Obrigada.
    www.cintiataira.blogspot.com

    ResponderExcluir

Loading...