Minha foto
arine-chan é uma arquiteta que curte comer bem, dormir bem e ama seus amigos e sua família. gosta de um seriado na tv, fazer compras, cozinhar e tem uma preguiça maior que o mundo de fazer faxina. seu lema é: pra que arrumar a cama de manhã se você vai desarrumá-la a noite?

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

A outra dimensão

Quando a funcionária que limpa meu apê (sim, agora eu tenho alguém que faz isso, de 15 em 15 dias) vem até minha casinha, deve pensar que o apocalipse chegou.
Isso porque eu herdei a capacidade genética de minha família de guardar cacarecos. Mas não de organizá-los.
Algumas pessoas dizem que isso vem da época da guerra, onde as pessoas precisavam estocar alimentos e outros bens, mas não tenho muita certeza.
A verdade é que não sei jogar as coisas fora com facilidade, e quando consigo, elas vão se multiplicando ainda mais pela casa, me sinto no cofre dos Lestrange no Gringotes.
Meu apê tem só 4 cômodos: sala, cozinha, quarto e banheiro.
E nem um lugar pra guardar mais nem um palito de dentes.
Como eu ia dizendo, a moça da limpeza chega na minha casa e imagino que a primeira coisa que ela pense é em virar as costas e ir embora.
Ainda bem que Deus a dotou de perseverança para ir até o final com seus objetivos.
Quando eu chego em casa, no final do dia, abro a porta e vejo tudo arrumado.
Arrumado e limpo.
E na cabeça, a pergunta que não quer calar é: como eu vou fazer pra achar minhas coisas?
Outro dia ela guardou o rodinho de pia e eu levei uma semana pra encontrá-lo, debaixo de alguns pratos dentro do escorredor de louças.
Meus sapatos vão passear no limbo.
Às vezes eu demoro tanto pra achar alguma coisa, que quando eu encontro, já se passaram os 15 dias, a funcionária volta, guarda de novo e eu perco essa coisa por mais 15 dias.
E a culpa é dela?
Claro que não. É minha, porque se eu fosse organizada e tivesse tudo no lugar, ela não ia precisar arrumar outro lugar pra guardar. Mas aí eu já não sei se eu ia precisar de faxineira.
Acho que algumas das minhas coisas vão parar em uma dimensão paralela e só voltam quando o duende escondedor resolve devolvê-las. Sempre pensei que o duende escondedor gosta de brincar de esconder minhas coisas: eu vivo perdendo tudo.
Aí tenho que colocar a culpa em alguém. Uma vez que eu moro sozinha e não posso por a culpa na mãe, nos irmãos e no cachorro, eu coloco no duende escondedor.
Agora posso por a culpa na faxineira também.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Pizza - infelizmente não é pra comer... é pra engolir.



Hoje é pra falar sério.
Ontem à noite, assistindo ao noticiário, pude constatar uma das poucas vezes em que vi que um voto meu valeu a pena. Depois de ver todo o processo contra o senador José Sarney acabar em pizza, o senador Flávio Arns* (PT-PR) declarou que pretende deixar o partido, pois disse: “Me envergonha estar no Partido dos Trabalhadores com o comportamento que está tendo. Achava que as bandeiras eram para valer e não para mudar por causa da eleição”, disse Arns. Segundo ele, "o partido pegou a folha da ética e jogou no lixo". (do site Globo.com)**

Até que ele demorou pra se envergonhar com o partido dele, que ultimamente não tem feito outra coisa a não ser lamber o chão onde o presidente Lula pisa.

Triste é ver o quanto o povo gosta desse presidente que se vendeu pelo poder. Um presidente que não tem feito outra coisa a não ser envergonhar nosso país, aqui e lá fora, pela quantidade de asneiras que diz e faz o tempo todo. Um presidente que não se dá o respeito, como a maior parte dos políticos desse país. Porque o senador José Sarney, nosso ex-presidente, a gente sempre soube que era um safado. E o Lula está mostrando a cada dia que aprendeu pela mesma cartilha.




"E aí, companheiro, não disse que a gente ia conseguir jogar a sujeirada pra debaixo do tapete?"



*Deixando claro que meu voto ao senador Flávio Arns jamais foi ligado ao partido pelo qual ele se elegeu, mas porque acreditei que ele seja uma pessoa ética. Fico feliz em ter acertado.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

"Vale a pena ficar de olho nesse blog"

Hoje ganhei aquele selinho lá embaixo da Monica, que ganhou da Elisa, que ganhou não sei de quem.
Segundo seu blog, este selo faz parte de uma campanha para divulgação de blogs. Ele tem algumas regrinhas para que você possa publicá-lo:

1º Exibir a imagem do selo
2º Postar o nome do blog que te indicou (http://monicalissa.blogspot.com/)
3º Indicar 10 blogs e avisá-los
4º Publicar as regras
5º E ver se os indicados estão seguindo tudo direitinho

Não achei 10 blogs para indicar, mas os que eu estou indicando é porque eu gosto por algum motivo ou outro... E são os seguintes:

http://www.morandosozinho.net/
http://www.bemlegaus.com/
http://monicalissa.blogspot.com/
http://www.walterkashinoki.blogspot.com/
http://www.tadaimacuritiba.com.br/
http://nagado.blogspot.com/
http://www.topismos.blogspot.com/



vou comentar um pouquinho sobre eles:
o primeiro, se chama morandosozinho, é do vinicius e me chamou a atenção porque aborda de forma bem humorada, como o próprio nome diz, a vida de quem mora sozinho, que é o meu caso.
no seguinte, o bemlegaus, tem várias coisinhas inusitadamente legaus, que você morre de vontade de ter, mesmo sabendo que nem sempre servem pra alguma coisa, mas divertido mesmo assim.
o monicalissa conta um pouquinho do dia-a-dia da minha irmãzinha mais velha, mas ela tem um jeitinho engraçadinho de contar as coisas que ela faz ou cozinha ou compra.
o walterkashinoki tem fotos, textos, comentários e coisinhas curiosas na visão muito particular desse torcedor do tubarão.
o tadaimacuritiba é um blog que fala sobre coisas da cultura japonesa e eventos relacionados a isso que acontecem em curitiba.
o nagado - sushi pop - é relacionado a quadrinhos, anime, coisas da cultura pop japonesa, tudo escrito pelo alexandre nagado, um cara que manja muito sobre tudo isso.
e por fim, o topismos, que é um blog que, como ele mesmo diz: para quem aprecia a sutil e obsessiva arte dos tops.
Loading...